15.10.07

O que para os outros pode parecer desordem, é para mim, uma ordem com uma história.

S. Freud

6 Comments:

Anonymous alexandra said...

hum... lembro-me de ti na biblioteca... não gostava nada de te ver psi... as psis costumam ser umas chatas emproadas, domésticas e tão vazias de arte... believe me, sei do que falo, para mal dos meus pecados... e a música fica-te muito muito melhor... só que gostava de ouvir mais histórias por ordenar, contadas por ti... beijinho

12:11 da tarde  
Blogger __Eagle__ said...

Estou de acordo com o referido na frase. Onde muita gente pode ver somente uma desordem (seja ela de que tipo for), há sempre um pouco história.

2:18 da tarde  
Blogger aWhiteLie said...

o que para outros pode parecer um erro, para mim é aprender, é viver. eu tenho a minha razão, é só o que importa.

6:02 da tarde  
Blogger sónia said...

Ainda bem que ele viu as coisas sob esse prisma! Ufa! Significa que não somos malucos, mas todos muito bem ordenadinhos, cada um à sua maneira.
bj

9:21 da tarde  
Anonymous King of the divan said...

As far as structured entropy being purged onto a chaise longe goes, I would probably just end up blowing smoke rings back into some concerned stare. Jung once remarked that if you can’t take a hint from life, it’ll eventually get your undivided attention by flinging a cream pie at your face at the most unexpected and inopportune time. Otherwise `Ca plane pour moi´ doc.

[I cringed when I typed this…and now I am going to scream when I go out there on that limb and hit the publish button]No, I am not medicated, never been to the laughing house or to the polar tropics for that matter(get it Karl?;-)

12:08 da manhã  
Anonymous guida said...

Oh pá, Freud? Freud? Pela alma da santa. Uma miúda esclarecida, dotada, inteligente como tu? esse gajo postulava a inveja do pénis nas mulheres, haja tento, senhores. e, acima de tudo, decoro, muito decoro.
a propósito. bela música... qd sair vou comprar. e belos sapatos tb.

1:14 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home