2.8.07

Desejo ser levado para os dioramas cuja magia enorme e brutal sabe impor-me uma ilusão útil. Prefiro contemplar alguns cenários de teatro, onde encontro, artisticamente expressos e tragicamente concentrados, os meus sonhos mais queridos. Essas coisas, porque são falsas, estão infinitamente mais perto do verdadeiro, enquanto que a maior parte das nossas paisagens é mentirosa, precisamente porque se esqueceu de mentir.

Baudelaire

1 Comments:

Blogger a malta said...

A magia da arte! Quem disse que era um fingidor e que fingia a dor que deveras sentia? ;-) O poeta ou o homem que ele foi na realidade?
bj

11:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home