19.7.07

"A felicidade não tem segredos.
Os homens infelizes parecem-se todos.
O homem feliz não olha para trás. Não olha para a frente. Vive o presente.
É aqui, porém, que reside a dificuldade. Há algo que o presente não pode dar: sentido."

Jed Rubenfeld

7 Comments:

Anonymous penim said...

nunca tinha visto as coisas por esse prisma, faz de facto... sentido

beijos rita

andre penim
www.myspace.com/andrepenim

9:23 da tarde  
Blogger a malta said...

Já me tinha apercebido, porque cada vez que digo "vou viver o dia-a-dia", sei que estou a dizer uma grande mentira. Nunca conseguiria colocar semenhante pensamento por escrito, pelo menos desta forma tão inteligente.
Faz mesmo... sentido.
bj
Sónia

9:06 da manhã  
Anonymous Anna said...

...e nós dependemos tanto desse sentido para justificar as acções do presente, tolerar os feitos do passado e ter esperança em acertar no futuro... que nos enredamos nestes tempos de vida e nos afastamos do aqui e agora...

...e todos temos consciência disso... mas...

1:02 da tarde  
Blogger a malta said...

...continuamos a não tirar proveito do momento, porque o passado nos impede e o futuro é um ponto de interrogação que teimamos em transformar no repositório dos nossos sonhos adiados. E não nos apercebemos que os sonhos são feitos no agora e que não os devemos adiar, porque o futuro pode não existir ou ser tarde demais. Talvez por isso, sejamos infelizes mesmo com sentido...

11:23 da manhã  
Blogger Pedro said...

A ideia é atribuir significado a tudo o que fazemos no nosso dia a dia. quantas coisas não ficam por dizer, por fazer, por querer? o medo e o receio de falhar, de ser ignorado, ou mal interpretado está em cada acção. A ideia é sermos sinceros, um pouco de loucos e sensíveis.

9:25 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

"We all live one too many lives... or so it seems."


Cloudbuster

10:52 da manhã  
Anonymous Chris said...

"A felicidade � um trajecto, n�o um destino" :)

7:26 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home