6.9.07


Jorge Molder

2 Comments:

Blogger >> nim said...

olá rita, finalmente aderi à blogosfera.

é só para dizer que estás adicionadíssima.

beijos

andré penim

11:22 da tarde  
Blogger sónia said...

Jorge Molder! Que mundo tão estranho e complexo que este artista nos revela! Às vezes parecem sombras chinesas, pintura a carvão, desfocagens. Olhares longínguos que apelam um sopro de vida ou simplesmesnte a morte. Rugas, expressões que são a negação da própria existência ou a projecção de sentimentos e emoções que nos assolam. Pele, texturas... Desculpa por escrever tanto, mas o trabalho deste senhor transmite-me um misto de paixão e repugnância à semelhança do que sinto por Francis Bacon, por exemplo.
bj

1:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home